sábado, 26 de novembro de 2016

LIVROS


                    Digo sempre que a escolha da leitura depende do que se está vivendo.
                   A escolha de um livro, é ou deveria ser, portanto, sempre atual. É que muitas vezes escolhemos um livro e, já nas primeiras páginas, o deixamos de lado. Isso nada mais é do que livro equivocado para o momento errado.
                   Aconteceu comigo milhões de vezes e como sou pessoa que gosta de terminar tudo o que começa, abandonar um livro sem terminá-lo era demasiadamente sofredor e um atestado de fracasso sem precedentes para uma virginiana como eu. 
                  Depois de muito sofrer e tentar encontrar o mínimo de razão no sofrimento que me causava o não avanço de um dos meus programas preferidos: ler, encontrei uma razão que me confortou.
                  Depois de muita dor e na ansia de me libertar da terrível sensação de fracasso que me absorvia a cada vez que, vencida, abandonava a leitura antes de chegar à página 50, resolvi dedicar tempo para resolver essa quisila e me sentir livre para continuar ou estancar a leitura.
                  Descobri que a escolha errada talvez fosse a causa da dor do abandono do livro. E era.
                  Descobri que comigo é assim: o livro necessariamente deve identificar-se com o momento que estou vivendo. Isso não quer dizer que meu problema havia terminado e que a partir desta descoberta seria muito mais fácil escolher o próximo título. Não. A escolha continuou e continua sendo tarefa árdua, porém, se eu não tiver vontade de continuar a leitura, deixo-a  de lado, sem culpa. Não me sinto fracassada, nem triste. Sinto-me livre.
                  Volto o livro à estante e falo cá com meus botões:
                  - Não é o momento. Esse há de chegar e eu volto aqui para buscá-lo. Me aguarde! 
                  Para encerrar esse pensamento, deixo aqui alguns livros que li e que fizeram parte da descoberta de que somos livres para escolher o queremos ler e, também, livre para não terminar um livro. Não significa fracasso, significa que ... ah! Depois você termina.  
 
KUREISHI, Hanif - Tenho algo a te dizer

HOLANDA, Chico Buarque de - Gota d'água 

HOLANDA, Sérgio Buarque de - Raízes do Brasil

ESPANCA, Florbela - Sonetos

RIBEIRO, João Ubaldo - A casa do Budas ditosos

GUTIERREZ, Pedro Juan - O Rei de Havana

Nenhum comentário:

Postar um comentário